Universidade de Alagoas participa de evento mundial para valorização da ciência



Evento acontece simultaneamente em todo o mundo

No dia 22 de abril haverá uma ação que acontece simultaneamente em 400 cidades, em todos os continentes. A Marcha pela Ciência vai reunir a comunidade científica em diversos locais e ganhar coro por meio da internet. O pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Ufal, Alejandro Frery vai participar do evento virtualmente e espera contar com o apoio de todos.

"Convidamos toda a comunidade acadêmica a participar da Marcha Pela Ciência. Segundo os organizadores em São Paulo, a Marcha irá congregar cientistas e entusiastas do mundo todo que vão se unir por mais visibilidade e credibilidade para a ciência", convocou o pró-reitor, ressaltando que a marcha será pacífica e apartidária.

Quem quiser participar ou saber mais sobre o evento, acesse aqui.

Para a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) a participação de todos é importante, visto que o evento pretende chamar a atenção de estudantes, professores, cientistas e pesquisadores, governantes, tomadores de decisão, e de toda a sociedade, sobre a necessidade de apoiar e preservar as instituições e a comunidade científica do mundo. "Esse apoio torna-se fundamental em um momento em que a atividade científica para o bem de todos sofre ameaças em diversas frentes", reforça Helena Nader, presidente da SBPC.

A carta convite da SBPC lembra que a ciência está em todo lugar e afeta positivamente a vida de todos. Portanto, a aplicação da ciência para a sociedade não deve estar à margem das grandes tomadas de decisão no campo político. "O melhor caminho para garantir que a ciência possa influenciar diretamente nas políticas públicas é encorajar as pessoas a apreciar e se envolver com a ciência", ressalta Nader, e conclui: "o fortalecimento da ciência passa também pelo fortalecimento da democracia em todos os países".

Assessoria UFAL
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário