Assaltos a ônibus aumentam mais de 10% nos primeiros meses de 2018, diz Sesed

A Região Metropolitana de Natal registrou no primeiro trimestre de 2018 um aumento de mais de 10% nos casos de assaltos aos transportes coletivos em comparação ao ano de 2017. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

Em 2017, foram registrados, no total, 139 casos, enquanto no primeiro trimestre de 2018, aconteceram 154. Baseado neste número, ocorreu um aumento de 10,8% dos casos. Já na capital potiguar, houve uma variação de 16,8%, com 107 crimes deste tipo registrados no ano anterior e 125 neste ano. A média seria de um assalto a cada 18 horas.

Para os motoristas dos transportes coletivos, o medo tem afetado não só no trabalho como também na vida pessoal. Como o caso de José Everaldo dos Santos Silva, de 53 anos. Motorista de ônibus por 10 anos, Everaldo, mais conhecido como “Espanta”, está afastado hoje com uma licença médica por não possuir mais condições psicológicas de exercer sua profissão.

“Eu já fui vítima de assalto dirigindo e cobrando durante três vezes seguidas. Foi com arma branca e arma de fogo na cabeça. E depois disso fiquei com trauma de dirigir. Já faz 4 anos e 4 meses que estou na perícia e fiquei com um transtorno depressivo e não tenho mais condições de trabalhar. Foi constatado pelo médico que eu estou incapacitado através dos assaltos que sofri”, disse Everaldo. Continue lendo...

Agora RN
Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário