‘Ele disse que lutou muito contra o tubarão’, diz mãe de potiguar atacado em Pernambuco

A potiguar Darlene Inácio de Melo, mãe do homem de 34 anos mordido por um tubarão no domingo (15) numa praia no Grande Recife, se sentiu aliviada após conversar com o filho e afirmou, nesta terça (17), ao G1, que ele tem consciência do que aconteceu. “Ele me disse que lutou muito contra o tubarão”, relata.

De acordo com a aposentada, a conversa com o filho na segunda (16) no Hospital da Restauração (HR), unidade de saúde em que ele está internado desde o dia do incidente com o tubarão, deixou-a confiante. “Senti que ele está bem, está se recuperando. Tenho certeza de que ele vai melhorar. A família e os amigos dele estão em oração”, conta.

“Ele me disse ‘mainha, eu lutei muito, nadei muito'”

Ainda segundo Darlene, o filho contou os detalhes do ocorrido. “Ele me disse ‘mainha, eu lutei muito, nadei muito. Quando eu vi que não conseguia mais, eu gritei e me tiraram da água’. Ele tem consciência do que aconteceu, mas é uma pessoa muito forte e Deus também está nos ajudando”, afirma a aposentada.

Assim como na noite da sexta (16), o HR informou, nesta terça (17), que o paciente segue respirando sem a ajuda de aparelhos. As drogas vasoativas foram suspensas e a sedação foi reduzida.

Além da visita da mãe, ele também recebeu uma psicóloga da unidade de saúde, que informou sobre a amputação de sua perna direita. O paciente permanece na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) até a sexta (20), para que os médicos evitem o aparecimento de infecções. 

Com informações do G1/PE
Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário