PRINCIPAL SUSPEITO DE MATAR SOLDADO CAROLINE EM NATAL MORRE EM CONFRONTO COM O BOPE

O principal suspeito de ter assassinado a soldado Caroline Pletcsh, durante um assalto na zona Norte no último dia (26), morreu durante um confronto com policiais do BOPE, na tarde desta segunda-feira (02). Yure Torres Lima de Souza estava armado no momento da ação e acompanhado de outros indivíduos que foram presos.
A informação da morte do criminoso foi confirmada pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa que está investigando o caso e pretende prender outros três participes do latrocínio nos próximos dias. Uma denúncia anônima levou a equipe do BOPE até ao conjunto El Dourado, no bairro Lagoa Azul, zona Norte da capital. No momento da abordagem houve o confronto, Yure ainda foi socorrido, mas não resistiu.
Caroline e o marido, o sargento da PM Marcos Paulo da Cruz, de 43 anos, foram baleados durante um assalto em uma pizzaria na Zona Norte de Natal. Vizinhos da pizzaria prestaram os primeiros socorros. O casal residia na cidade de Chapecó e estava na capital potiguar de férias.

Sérgio Costa



Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário