Polícia Civil elucida roubo que aconteceu em supermercado da Zona Norte de Natal

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) divulgou nesta terça-feira (22), os resultados de uma investigação que elucidou e prendeu cinco homens, que são suspeitos de terem roubado um supermercado e as lojas que ficam dentro do empreendimento, localizado na zona norte de Natal, no dia 29 de dezembro de 2017. O crime foi efetivado por um grupo formado por dez homens armados e encapuzados. A investigação da Especializada conseguiu identificar oito integrantes do grupo, dos quais cinco foram presos e três sendo procurados.

Estão presos: Marciano Pinheiro da Silva, vulgo Lacrau, 33 anos; Tiago Rosa de Lima, vulgo Macaco Louco, 28 anos; Widlley Meygon Pereira Soares, conhecido como Magau, 24 anos; Joelyson Eulyson Rodrigues Duarte, vulgo “Sheik, Das Arábias e Boladão” e Sávio Lopes da Silva, 19 anos. A Polícia Civil está a procura dos foragidos Wendell Ramom Cabral da Costa, conhecido por “Coroa Dinho”, 28 anos; Rodrigo Cabral de Queiroz, 25 anos e Jorda Souza De Aquino, Vulgo JJ, 24 anos. “Nós pedimos a colaboração da população para nos enviar informações anônimas sobre o paradeiro dos foragidos e de outras pessoas que tenham participado deste crime. As informações enviadas para o Disque-Denúncia 181 possuem garantia de sigilo”, solicitou o delegado titular da Defur, Cláudio Henrique.

“Em janeiro de 2018, a Defur instaurou um inquérito policial para apurar os fatos e os primeiros informes apontavam que o roubo havia sido realizado por pessoas da vizinhança. A medida que conseguimos identificar os envolvidos, nós começamos a cumpri os mandados de prisão”, detalhou o delegado Cláudio Henrique.

A investigação descobriu como o grupo dos 10 criminosos atuou. O roubo foi organizado por dois homens que eram os líderes: Marciano Pinheiro e Wendell Ramom. Marciano Pinheiro, que foi preso pela Defur por tráfico de drogas no dia 26 de abril desse ano era responsável pelo levantamento de informações para a prática do crime e logística da ação criminosa. “Wendell Ramom, condenado a 14 anos por tráfico de drogas, encontra-se foragido da Justiça. Ele lidera ações criminosas nas regiões do Vale Dourado e Jardim Lola e foi responsável por fornecer armamento ao grupo e arregimentar pessoas para a ação criminosa”, relatou o delegado Cláudio Henrique.

Para que o roubo fosse executado, a organização contou com a liderança de três homens: Tiago Rosa, Jorda Souza e Widlley Meygon. Tiago Rosa foi preso pela Defur no dia 29 de abril pela prática de roubo tentado. Ele forneceu armamento, participou da execução e foi responsável por apontar a parte que cada um teria do resultado do roubo. Jorda Souza também participou da ação e forneceu armas para o grupo, ele está foragido. Widlley foi o homem responsável por render o segurança e fazer a coordenação do saque. Ele foi preso no dia 21 de março pela Defur.

Participaram da execução do roubo Joelyson Eulyson, preso pela Defur no dia 26 de abril; Sávio Lopes que foi preso no dia 04 de maio; Rodrigo Cabral, que está foragido e mais dois outros homens que ainda não foram identificados.


SESED/ASSECOM
Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário