Prefeito de São Gonçalo do Amarante vai processar deputado por “insinuações”

As críticas do deputado estadual Nélter Queiroz, do MDB, sobre os prefeitos que têm lançados mulheres para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, ao que parece, foi longe demais. Isso porque após uma nova crítica aos gestores, o parlamentar causou a insatisfação do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio (PR), que já disse que deve processar o emedebista pelas acusações feitas contra ele.

“Nélter vai ter que provar as insinuações, afirmações e provocações sobre minha gestão na justiça. Ele tem mania de querer ‘amedrontar’ as pessoas. Ele é acostumado a fazer isso: querer ‘encurralar’ as pessoas e botar medo”, afirmou o prefeito, acrescentando que o parlamentar “levou uma ‘surra’ de votos de uma pessoa simples na eleição passada para prefeito em Jucurutu. Eu acredito que Nélter está muito preocupado com sua decadência política no Rio Grande do Norte”.

Nesta terça-feira, 22, diante da polêmica e da fala de Paulinho, Nélter voltou a se manifestar sobre o assunto. Desta vez, na Assembleia Legislativa, quando leu uma lista de cargos que teriam sido nomeados por indicações políticas. “Essas nomeações de pessoas de fora acabam tirando o emprego de pessoas do município”, criticou Nelter Queiroz. Além disso, o parlamentar ainda “ironizou” a “ameaça” de processo feita pelo prefeito de São Gonçalo do Amarante. “Estou tremendo de medo”, declarou.

Agora RN
Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário