Vereador Cícero Martins critica nova regulação do Hospital Municipal de Natal

O novo regime de atendimentos adotados pela Secretaria Municipal de Saúde no Hospital Municipal de Natal tem recebido críticas. Desde o último domingo, 1°, a unidade só tem recebido pessoas encaminhadas de alguma das quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do município ou casos extremamente graves, como traumas ortopédicos.

O vereador Cícero Martins (PSL), que integra a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, condenou a nova regulação. Segundo o parlamentar, com a mudança, a SMS “empurra” pacientes do Hospital Municipal para unidades que não têm estrutura adequada para realizar os atendimentos.

Ainda de acordo com o vereador, o hospital registra problemas estruturais há algum tempo – o que, na opinião dele, motivou a adoção do novo regime de atendimentos. “Há uma falta frequente de insumos e medicamentos, a sala vermelha é improvisada, o elevador tem quebras constantes, o sistema de oxigênio está contaminado e a estrutura física do prédio é deficiente”, denuncia o vereador.

Para Cícero Martins, as condições precárias de atendimento na saúde pública são resultado das escolhas feitas pelos natalenses em eleições passadas. “O povo negocia o voto por qualquer trocado e depois vai reclamar na porta do pseudo-hospital. Enquanto isso, os mesmos políticos [aos quais os eleitores supostamente venderam seus votos] são ovacionados no interior do estado. O povo vende seu voto e depois paga caro”, finaliza o parlamentar.

Agora RN Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário