Vereadora Nina Souza critica privilégios concedidos por Robinson Faria

Resultado de imagem para nina souza e robinson de farias
Pré-candidata a deputada estadual, a vereadora Nina Souza (PDT) repudiou a concessão de auxílio-saúde no valor de R$ 300,00 e auxílio-alimentação de R$ 1.200.00 para os funcionários estaduais do gabinete civil, sejam efetivos, comissionados ou cedidos.

A parlamentar classificou o ato do governo do Rio Grande do Norte de imoralidade administrativa e destacou que tais aumentos trarão impacto econômico para o Estado que tem vivido um drama substancial para tentar equilibrar receitas e despesas.

“Com um atraso sistêmico da folha de pagamento, o governo deveria era se empenhar para honrar os salários dos servidores estaduais. Esses auxílios concedidos são uma imoralidade administrativa e, certamente, trarão impacto financeiro nas contas públicas”.

Nina Souza destacou ainda que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu parecer no final do ano passado, onde apontou que os gastos do executivo com a folha de pessoal estavam acima da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“De acordo com o Tesouro Nacional, o RN é o estado que está numa das piores situações do país para fechar as contas e ao invés do governador adotar medidas de controle de gastos e de eficiência de gestão pública, ele aumenta ainda mais as despesas. Um absurdo”, destacou Nina Souza.

Agora RN Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário