JUSTIÇA CONCEDE 'LIBERDADE ASSISTIDA' A ADOLESCENTE ENVOLVIDO NA MORTE DE FILHO DE EX-PREFEITO DE LAJES-RN

Ele prestará serviços à comunidade e participará de cursos e palestras por seis meses.
O adolescente que foi apreendido depois do assalto que resultou na morte do estudante Benes Júnior, em Natal, foi posto em liberdade assistida nesta quarta-feira (12). Luiz Benes Leocádio Júnior era filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio e morreu em uma troca de tiros entre os assaltantes e a polícia, depois de ter sido feito de refém. O crime aconteceu no mês passado.
A Justiça acatou o parecer do Ministério Público, que indicou que o adolescente apreendido no caso participou somente do roubo, mas não do assassinato de Benes e nem de Mateus da Silva Régis, de 17 anos, que seria o outro assaltante. Matheus também morreu na abordagem policial.
Após sair da unidade socioeducativa, o adolescente agora cumpre pena em liberdade assistida e com prestação de serviços à comunidade. Ele permanecerá seis meses nessa situação, participando de cursos, palestras e, depois desse tempo, se não voltar a cometer atos infracionais, recebe a liberdade definitiva.
O processo que investiga o caso está em segredo de Justiça e a Polícia Civil ainda não divulgou as informações sobre a apuração.
O juiz Homero Lechner, da 3ª Vara da Infância e da Juventude, afirma que tem mandado para o regime fechado prioritariamente os adolescentes envolvidos em crimes mais graves, como latrocínio, homicídio, ou os reincidentes. Por falta vaga no sistema, réus primários têm sido enquadrados nos regimes de liberdade assistida, mesmo os que se envolvem em assaltos violentos, por exemplo.

G1-RN



Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário