Defesa Civil Estadual finaliza capacitação de 56 agentes municipais

Terminou nesta sexta-feira, 26, curso teórico e prático realizado pelo Governo do Estado, através do Gabinete Civil e da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil, sobre Prevenção de Riscos, Respostas a desastres e Reconstrução de áreas afetadas. Agora, o Rio Grande do Norte conta com 56 agentes de Defesa Civil de 29 municípios aptos para desempenhar a função em suas cidades com agilidade e eficácia. O treinamento contou com a participação de técnicos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional.

Durante as 40h do curso, foram tratados temas como legislação em Defesa Civil, diagnóstico dos danos, elaboração e implementação de projetos e planos de contingência e solicitações de recursos financeiros para prevenir ou reconstruir áreas afetadas por desastres.

O Diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Desastres (CENAD), Washington Duarte, parabenizou o trabalho que vem sendo realizado pelo Gabinete Civil para o fortalecimento da Defesa Civil no Estado. “Estamos percorrendo o Brasil para essa capacitação e ficamos muito satisfeitos com o que vimos aqui. Reunimos 29 municípios de uma vez, o que não tínhamos visto ainda em outro lugar”, destacou.

Para o agente municipal de Caraúbas, Ricardo Adriano, a capacitação veio em boa hora e trouxe conhecimentos para nortear o trabalho que eles já desempenham. “Essa capacitação é essencial e necessária, pois precisamos estar prontos para agir diante de uma situação risco, já que somos nós que estamos mais próximos da população”, afirmou.

Para a Secretária-chefe do Gabinete Civil, que esteve presente no encerramento do curso, os participantes têm agora a missão de também conscientizar os municípios e prefeitos sobre a importância do órgão. “Desde 2015, temos trabalhado para orientar e capacitar tecnicamente os agentes, mas para que a atuação integrada aconteça é preciso que os gestores mantenham em funcionamento as Coordenadorias Municipais. Precisamos criar a cultura de prevenção e assim minimizar os riscos e desastres”.

Via DIÁRIO POTIGUAR - Notícias de Natal e Rio Grande do Norte https://ift.tt/2RPFxOp
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário