Sem recursos, obra de túnel da avenida Mor Gouveia está parada

Além do túnel da Mor Gouveia, também estão paradas as obras do túnel de macrodrenagem
Faltando apenas 43 metros para a conclusão, a obra do túnel de drenagem da avenida Capitão-mor Gouveia, parte do pacote de obras da Copa do Mundo e que deveria ter ficado pronto quatro anos atrás, está paralisada. De acordo com o secretário de Obras de Natal, Tomaz Neto, a Prefeitura entrou com um recurso na Justiça Federal do Rio Grande do Norte após perder uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que pedia a liberação dos recursos federais empenhados para a obra. Dos R$ 8,6 milhões previstos para a drenagem, R$ 5 milhões foram executados. Seria necessário, de acordo com Tomaz Neto, R$ 2,8 milhões para a conclusão.

Os recursos, apesar de assegurados, estão bloqueados pela Caixa Econômica Federal, porque a prefeitura tem dívidas com a União e entrou no CAUC por atrasos de pagamentos de impostos ao Governo Federal. Segundo Tomaz Neto, a expectativa é de que saia uma decisão da Justiça Federal até esta sexta-feira (12). A obra, segundo Tomaz Neto, está com 80% de conclusão e a partir da data de retomada deve ser concluída em 60 dias. 

De acordo com Tomaz Neto, o serviço estava previsto no lote 1 das obras de mobilidade para a capital potiguar e irá contar com três poços de captação, que serão responsáveis por dar vazão à água captada na região. A obra tocada pela Prefeitura de Natal foi licitada em 2010, ao custo de R$ 5,6 milhões e faz parte de uma estrutura ainda maior, que quando finalizada deverá escoar água até o túnel de drenagem que desemboca no rio Potengi, nas imediações do KM 6.

A prefeitura, conforme explicou Tomaz Neto, disponibilizou R$ 800 mil de recursos próprios para que as obras fossem retomadas, no início deste ano, mas o dinheiro foi suficiente para apenas três meses.

Tribuna do Norte Via Na Ficha da Polícia RN https://ift.tt/2pFbs82
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário