Nova vacina “superestimula o sistema imunológico” para destruir tumores cancerígenos

Resultado de imagem para Nova vacina “superestimula o sistema imunológico” para destruir tumores cancerígenosOs cientistas desenvolveram uma vacina que poderia sobrecarregar o sistema imunológico em sua luta contra o câncer.

A leucemia é uma doença terrível que vem sendo tratada através das células CAR-T. Essa terapia envolve programar as células do sistema imunológico de um paciente para destruir tumores no corpo.


Infelizmente, este método não funciona tão bem em tumores sólidos, que não contêm cistos ou fluidos. Exemplos deste tipo de tumores são comuns em cânceres de pulmão e mama.

Agora, cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), liderados pelo Dr. Leyuan Ma, criaram uma injeção que estimula as células T que combatem o câncer de um paciente, permitindo que mais dessas células penetrem tumores sólidos.



Células T (vermelho) e células B (azul) nos gânglios linfáticos, após a vacina, a terapia com células CAR-T dá-lhes um forte golpe. (Crédito: Leyuan Ma e Jason Chang)


O tratamento foi testado em camundongos em primeira instância, onde os tumores sólidos foram eliminados em 60% dos animais.

Os ratos foram capazes de combater tumores recorrentes, meses após receber a injeção, o que sugere que a vacina estimula a produção de “células de memória” que estão preparadas para reconhecer e atacar o câncer.

Crédito: Reprodução/Nation.


“Ao adicionar a vacina, um tratamento com células CAR-T que não tiveram impacto sobre a sobrevivência pode ser amplificado para dar uma resposta completa a mais da metade dos animais”, diz Darrell Irvine, professor de Engenharia Biológica e Ciências da Materiais e Engenharia, principal autor do estudo.

Pesquisadores esperam começar testes em humanos em menos de um ano. Se o estudo for bem sucedido, será um grande passo para a ciência médica.

Foto destacada: Reprodução/Nation.

Editor Local: Willen Benigno Moura


source http://www.diariopotiguar.com.br/2019/07/nova-vacina-superestimula-o-sistema.html
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário