Bolívia já tem seu primeiro resultado parcial de votos

Resultado de imagem para candidatos bolivia
Imagem: Infobae

Hoje os bolivianos foram às urnas para decidirem o futuro do país nos próximos 5 anos. Considerada uma eleição história por causa da grande disputa, principalmente entre Evo Morales e Carlos Mesa. Assim que terminou a votação, às 18h(horário da Bolívia), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) daquele país iniciou a contagem dos votos. Grande era a apreensão pelo resultado parcial, que tinha sido prometido , segundo informações, para as 20h (horário boliviano) e assim se concretizou.








Evo x Mesa

Como era esperado, devido à várias pesquisas realizadas naquele país, o resultado, até o momento, é polarizado entre Evo Morales e Carlos Mesa, porém, a contagem de votos mostra que possivelmente terá 2º Turno. Já foram contabilizadas 83% das urnas e o MAS, representado por  Evo Morales, nessa parcial, obteve 45,28% de votos contra 38,16% de Comunidade Cidadã, representado por Carlos Mesa. Mais informações em breve. Atualize a página.


As primeiras "Ánforas"

La imagen puede contener: 4 personas, personas de pie
Imagem: EL DEBER
Por volta das 18h45 as primeiras ànforas,(espécie de urnas) foram pouco a pouco chegando ao TSE para iniciarem a contagem dos votos.

Segundo informações repassadas ao Diário Nacional(Internacional), 90% da parcial de votação sairá as 23h(horário de Bolívia). 

"O Dia"

De acordo com o jornal boliviano El Deber, o dia da eleição, apesar de tranquilo, resultou na prisão de 1291 infratores em todo o país e reteve 171 veículos. A maioria dos infratores violaram o chamado "Auto de Buen Govierno" que é um conjunto de obrigações que se assemelham a "Lei Seca" no Brasil, porém com diversas outras proibições como a circulação de veículos particulares, sem credenciamento, transportes públicos e a obrigatoriedade no fechamento de estabelecimentos comerciais.

A maioria dos infratores, 978 dos 1291, foram presos pelo fato de estarem consumindo bebidas alcoolicas. 

Também se registrou nesse domingo(20) apenas um ato grave, um ferido pelo uso indevido de dinamite em uma região chamada de "Yungas", em La Paz, possivelmente em virtude de trabalho em Mina, informação que ainda está sendo confirmada.

Normalidade
Apesar de registrar as prisões e apreensões de veículos não autorizados o TSE da Bolívia afirmou, também ao jornal El Deber, que a votação se desevolveu em normalidade no país e no exterior, onde cidadãos bolivianos votaram, inclusive no Brasil.

Até o final da manhã apenas havia registrado um ataque à uma casa da oposição chamada de "Bolívia Dijo No" em tradução livre: "Bolívia disse não" em uma alusão ao referendo 21F onde os bolivianos foram às urnas para votar pela candidatura de Evo Morales mais uma vez e tinham que responder SIM ou NÃO.      



Los bolivianos hoy eligen presidente, vicepresidente, senadores y diputados en las urnas. Foto: APG

Além do ataque à casa oposicionista foram registradas muitas filas e, pela análise de María Eugenia Choque, presidente do Tribunal Supremo Electoral (TSE), isso foi positivo pelo fato de ver a população se envolvendo mais com o pleito. 



Europa e Ásia


Bolivianos que vivem na Europa e na Àsia votaram na madrugada e no início da manhã o TSE já tinha os primeiros aportes(resultados).

Incidentes

Perguntada sobre incidentes nos chamados "recintos eleitorais", María Eugenia descartou que tenha havido algum ato, até a hora da entrevista, que possa ter fugido da normalidade.
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário