Menino que venceu o câncer doa brinquedos a seus amigos do hospital.

Às vezes a vida nos coloca em dificuldades que nunca pensamos que poderíamos superar, mas superamos. Nós extraímos uma força do interior que nunca pensávamos ter. O apoio de nossa família e entes queridos também é essencial para que tenhamos força em nossa batalha. Então, quando finalmente superamos as barreiras e a situação se torna apenas uma lembrança horrível, é sempre bom apoiar àqueles que estão passando por algo semelhante.

Weston Newswanger é um menino de 5 cinco anos que é um sobrevivente do câncer e que doou a maior parte seus brinquedos a seus amigos do hospital. A razão? Ele quer dar um pouco de alegria e divertimento a seus amigos que estão batalhando para viver.

A ideia nasceu depois que sua mãe, Amy Newswanger, perguntou ao menino o que ele queria como presente de aniversário. “Não quero nada. Eu não preciso de nada” – ele respondeu. Foi nesse momento que ele teve essa ótima ideia.

Weston começou a levar seus mini dinossauros e suas massas Play-Doh para o Hospital Infantil Penn State, nos Estados Unidos. Os médicos do centro de saúde salvaram sua vida e ele quer que seus amigos percebam que há esperança.

Weston ficou tão entusiasmado que criou uma campanha no Facebook convidando todos os seus seguidores a se unirem a essa causa nobre e divertida. O garoto disse à CNN que se saiu muito bem com a coleção de brinquedos. A campanha funcionou bem.

“Temos 1.263 potinhos da Play-Doh, 71 super-heróis e 1.249 dinossauros. E muitos outros itens diversos que nem adicionamos.” -Weston Newswanger para CNN-

Weston foi diagnosticado com rabdomiossarcoma em novembro de 2016. Amy, sua mãe, disse à mídia que o hospital se tornou sua segunda casa e ela comprou os brinquedos para que o filho não ficasse entediado o tempo todo.

Ajudar quem nos ajudou nos momentos mais difíceis é uma das mais nobres ações . Sem a ajuda dessas pessoas, não teríamos sido capazes de avançar. Dar uma luz de esperança e felicidade a quem mais precisa é a razão pela qual vivemos. Parabenizamos Weston e Amy por um trabalho tão bonito.

Com informações de UPSOCL
CONTI OUTRA


Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário