Modelo que morreu em desfile da SPFW sofria de problemas cardíacos, entenda o caso


Um laudo divulgado nesta semana pelo Instituto Médico Legal(IML), apontou que o modelo Tales Newton Gomes Alvarenga Soares, conhecido profissionalmente como Tales Cotta, de 25 anos, tinha problemas cardíacos. O jovem morreu enquanto desfilava na São Paulo Fashion Week(SPFW).

No documento é mostrado que o modelo teve o que se chama de "mal súbito" por conta de uma enfermidade cardíaca que possivelmente não tinha sido diagnosticada anteriormente. O laudo, elaborado por médicos do IML ainda destaca que não encontraram álcool e drogas no corpo de Tales e descartaram essas hipóteses como causa mortis.

O caso
Modelo Tales Cotta em desfile. — Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal

No Sábado (27 de abril), O modelo Tales Cotta Soares, de 25 anos, teve um mal súbito enquanto estava na passarela, desfilando na São Paulo Fashion Week (SPFW), a semana de moda da capital paulista. Ele chegou a ser socorrido, mas a morte foi confirmada no começo da noite. 

A organização do evento informou que o modelo participava do desfile da marca Också quando se sentiu mal, caiu na passarela e foi imediatamente atendido.


Tales Cotta e sua irmã, Alexandra Soares. — Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal
Jovem Saudável, diz irmã

Em uma entrevista ao Portal G1 a irmã de Tales mencionou, logo depois do ocorrido, ainda sem o laudo em mãos, que ele era bastante saudável, o que de fato comprova a suspeita de porte súbita por problemas cardíacos não diagnosticados. 

“Ele fazia Crossfit, Yoga, meditava, não usava drogas, tinha uma alimentação super saudável. É difícil entender. Só mesmo quando a gente tiver o laudo na mão para saber o que realmente aconteceu. Existem várias especulações. Estão dizendo várias inverdades, como por exemplo, [que a causa foi] anorexia, droga, veganismo, estresse ou, ainda, porque não ofereceram lanche vegano antes do desfile. Umas coisas absurdas”, contou a irmã.

Morte súbita

A "morte súbita" é chamada assim e conhecida por eventos em que fazem o indivíduo chegar a óbito de uma forma relativamente rápida.

De acordo com o MD SAÚDE, a morte súbita pode ocorrer em qualquer faixa etária, até jovens atletas ou bebês supostamente saudáveis podem morrer subitamente, mas ela é mais comum em pessoas mais idosas, já portadoras de doenças cardíacas prévias.

A definição exata de morte súbita ainda não é um consenso no meio médico. 

Como são óbitos de causa clinicamente desconhecida, os indivíduos que sofrem morte súbita devem sempre se levados à autópsia para que a origem da morte possa ser esclarecida.

Resultado de imagem para enfermedades cardiacas foto libre
Causas

Ainda de acordo com MD, na grande maioria dos casos de morte súbita, a causa tem origem no coração. Problemas pulmonares, vasculares e cerebrais também podem levar o paciente a um óbito de forma súbita e inesperada.

Existem várias causas para a morte súbita de origem cardíaca entre elas podemos destacar 1) INFARTO FULMINANTE, onde uma necrose do músculo cardíaco leva à uma súbita falência da bomba cardíaca ou alterações na condução elétrica do coração desenvolve arritmias cardíacas malignas. 2) ARRITMIAS MALIGNAS onde há uma alteração elétrica do coração que o impede de bombear o sangue suficiente ao corpo. O tipo de arritmia cardíaca mais grave é a fibrilação ventricular. Algumas enfermidades estão na lista de causas para arritimia entre elas: a) Insuficiência cardíaca grave, b) Prolapso da válvula mitral com regurgitação mitral, c) Miocardite, d) Cardiomiopatia hipertrófica, entre outras. 3)EMBOLIA PULMONAR que também é conhecida por tromboembolismo pulmonar onde provocada por uma trombose nas pernas e uma parte desse trombo se solta, e chega aos pulmões pela circulação sanguínea causando uma obstrução. Pessoas que passaram por cirurgias recentes, tramatismo, câncer ou até mesmo na gravidez são mais suscetíveis a ter quadros de embolia. 

Além dessas 3 causas ainda existem outras como ROTURA DE ANEURISMA (Aneurisma da aorta ou Aneurisma cerebral), AVC – ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL, EPILEPSIA, entre outros.

Edema Pulmonar: o possível caso de Tales

O Edema é o acúmulo anormal de líquido nos tecidos do organismo, esp. no tecido conjuntivo. 

Em casos como o de Tales, onde a morte súbita é possivelmente ocasionada por edema, acontece por que a enfermidade do coração leva a um quadro de edema pulmonar, ou seja, um acúmulo de líquido nos pulmões o que causa dificuldade de respirar, tontura e consequentemente Parada Cardíacarespiratória.
Após o mal súbito, o modelo foi atendido, saiu de maca do desfile e chegou a ser levado com vida para o hospital, mas não resistiu.

Tales Cotta
Tales Cotta faleceu após passar mal em um desfile no São Paulo Fashion Week (SPFW). — Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal

Tales Newton Gomes Alvarenga Soares, também conhecido como Tales Cotta nasceu em 16 de julho de 1992 em Manhuaçu, município do estado de Minas Gerais. Tales era graduado em educação física pela Universidade Federal do Espírito Santo e trabalhava como modelo desde os dezoito anos de idade, tendo participado da Casa de Criadores em 2018. Socialmente, era adepto ao veganismo e lutava por diversas causas.

Por Willen Benigno de Oliveira Moura (Willen Moura)
Com informações de MD Saúde


source http://www.diariopotiguar.com.br/2019/05/modelo-que-morreu-em-desfile-da-spfw.html
Compartilhe no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário